O que é copywriting, quais as boas práticas e os erros mais comuns

O mercado vem se diversificando e, com isso, novas técnicas e estratégias vão surgindo. Entender o que é copywriting é um dos caminhos para aumentar o engajamento do seu público e aumentar suas conversões.

Apesar do termo ser recente, esta prática surgiu há mais de 150 anos atrás nos Estados Unidos com Claude Hopkins onde ele já falava em pesquisar os desejos dos consumidores em 1886.

Existem registros de anúncios que contam com o uso de técnicas de copy de 1915, no entanto muita coisa mudou de lá para cá, principalmente, devido aos avanços tecnológicos. É sobre isso que vamos falar neste post.

Clique e saiba mais

O que é copywriting?

Para entender o que é copywriting primeiro é preciso dar um passo para trás e entender que, nas estratégias de marketing, escrever tem um propósito diferente. 

A escrita sempre terá como objetivo principal convencer a sua persona a comprar algo.

O copywriting é justamente o ato de escrever com esse objetivo de guiar seu consumidor durante a jornada de compra

Seja produzindo anúncios, landing pages, blog posts, ebooks, email marketing, desenvolvendo copywriting no Instagram, no Facebook e dentro das páginas de produto do seu e-commerce. Independente da plataforma, a intenção é convencer a ação do leitor. 

Quais as boas práticas do copywriting?

Para entender de fato o que é copywriting precisamos pôr a mão na massa, não é mesmo? Separamos algumas das boas práticas e gatilhos mentais que a escrita precisa ter.

Reciprocidade

Um dos gatilhos mentais mais poderosos, a reciprocidade é baseada numa característica do ser humano de retribuir algo positivo em resposta a uma ação positiva. Trazendo para a linguagem de vendas o famoso “ganha-ganha”. Para despertar isso nos consumidores, você pode:

  • oferecer um material rico em troca de um cadastro;
  • disponibilizar um período de teste grátis em caso de serviço;
  • propor um desconto maior para uma venda maior (pacote família por exemplo).

Prova social

Este gatilho usa como base a aprovação de outras pessoas para validar algo. Muitas pessoas só se convencem de algo quando tem uma validação, ou seja, outras pessoas mostrando que aprovam aquilo.

Neste aspecto, uma forma de abordar isso em vendas seria:

  • destacando quantas pessoas já baixaram aquele material;
  • apresentando quantas pessoas já compraram o produto ou assinaram o serviço depois disso;
  • mostrar cases de sucesso com depoimentos de clientes satisfeitos.

Afinidade

No caso do gatilho de afinidade parte-se do pressuposto de que as pessoas tendem a se conectar com outras pessoas que viveram situações compatíveis ou semelhantes às delas.

Pense em um personagem de filme, normalmente aqueles que apresentam características parecidas com as nossas são aqueles que tendemos a nos apegar, por conta dessa afinidade. 

Por isso, na hora de escrever focado em vendas é importante criar essas conexões e, para isso, é possível:

  • estreitar laços com o cliente através da jornada de compra;
  • utilizar storytelling para gerar identificação com o leitor e conduzi-lo desta forma para a próxima etapa.

Autoridade

No caso do copywriting, o gatilho de autoridade diz respeito ao uso de referências que embasam e dão respaldo ao que está sendo dito. É importante usá-lo porque as pessoas tendem a prestar atenção e confiar em algo que respeitam.

Para fazer isso, o copywriter pode usar alguns artifícios como:

  • trazer a opinião de um especialista da área ou influenciadores;
  • incorporar mais conteúdos reconhecidos nas referências como artigos, reportagens, vídeos e etc.

Escassez

Esse gatilho mexe com nosso medo da perda. Isso faz com que nosso cérebro reaja de forma instintiva e tome alguma atitude para evitar que uma oportunidade seja perdida.

Se você busca entender o que é copywriting e como usá-lo ao seu favor, neste caso, pode explorar o gatilho de escassez nos textos através de:

  • destacando prazo o prazo para aproveitar uma oportunidade como “Só até amanhã”, “Últimas unidades” ou “Válido para os 100 primeiros”;
  • oferecer algum bônus que só pode ser aproveitado agora como chamadas como: “Comprando agora você ganha um mês de assinatura premium grátis”.

Quais os erros mais recorrentes no copywriting?

Apesar de entender o que é copywriting e aplicar as técnicas e boas práticas, muitas vezes acabamos cometendo alguns erros que podem terminar nos atrapalhando e prejudicando a qualidade do nosso texto. Conheça os principais para não errar mais:

Não revisar o texto

O primeiro texto nunca deve ser publicado sem revisão. É claro que podemos acertar em cheio de primeira, mas é algo raro, por isso, todo copywriter que se preze precisa revisar o texto e, de preferência, deixar que outra pessoa o leia antes.

Muitas vezes, o fato de estar envolvido demais com aquele material vai te impedir de enxergar erros e oportunidades de melhorias.

Produzir conteúdos muito técnicos

Um erro bem comum de quem está começando é apostar em conteúdos densos e técnicos a fim de explorar o gatilho da autoridade. 

Apesar de ser importante entregar algo embasado, o texto precisa ter uma linguagem mais humana, com menos jargões e termos técnicos. A ideia é que a comunicação seja clara e fluida para não espantar o leitor. 

Errar a mão na hora de falar do produto ou serviço

Sabemos que o intuito de usar técnicas de copywriting é para conseguir aumentar as vendas como consequência, no entanto, é preciso pesar o momento de falar do seu produto, afinal existe uma ordem na jornada de compra.

Se o texto tem caráter de topo de funil, por exemplo, significa que o consumidor ainda tem pouca noção do que quer ou precisa e seu texto precisa ajudá-lo a entender, neste caso falar demais do seu produto só irá fazer com que ele seja ignorado.

Com essas dicas você começa a dar alguns passos importantes para aplicar o que é copywriting e aproveitar todos os seus benefícios. Por isso, mãos na massa. Quer continuar aprofundando seu conhecimento? Então assista ao vídeo abaixo.

https://www.youtube.com/watch?v=Mi8hXsYLdQ4 

Este artigo foi escrito pela Apps Ecommerce, desenvolvedora de aplicativos para Shopify como Parcelamento Installments, Boleto Recovery e Shoplinks.

Separamos exclusivamente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × quatro =

Go up