Como diminuir a inadimplência de clientes? 6 dicas práticas

Clientes inadimplentes são um dos piores pesadelos para empreendedores de todas as áreas, pois podem representar um grande problema para o setor financeiro de seus negócios. Portanto, saber como diminuir a inadimplência é essencial para manter as contas em dia.

De acordo com o Mapa da Inadimplência, levantamento mensal da Serasa sobre a relação dos brasileiros com as dívidas, o número de inadimplentes no país ultrapassou os 65 milhões em fevereiro de 2022.

Entre os consumidores inadimplentes, a faixa etária dos 26 a 40 anos é a que mais deve (35,3%), seguida pela de 41 a 60 anos (34,9%). Aliás, os homens são mais inadimplentes (50,2%) do que as mulheres (49,8%).

Em meio a números tão relevantes, é importante se atentar para as cobranças do seu próprio negócio e botar na ponta do lápis a taxa de clientes inadimplentes, fazer os cálculos e traçar estratégias para negociar as dívidas.

Clique e saiba mais

O que é inadimplência?

A inadimplência significa quando um cliente não faz o pagamento de uma dívida ou conta. Ou seja, é aquele consumidor que não pagou por algo até o prazo estipulado e ficou com o CPF irregular, o que os leva para a lista de negativados dos principais birôs de crédito, como o SPC e o Serasa.

Mas como reduzir o número de devedores em sua empresa? Um dos primeiros passos é estabelecer o quanto antes um bom plano de ação para diminuir a inadimplência. 

Abaixo, separamos algumas das principais dicas para ajudar você com um dos maiores desafios da área de cobrança. Continue a leitura e descubra como é possível reduzir o risco de inadimplência em sua empresa!

Como diminuir a inadimplência?

1. Defina uma régua de cobrança

Ter uma régua de cobrança para clientes inadimplentes já facilita em grande parte o trabalho de diminuir o número de pessoas endividadas, pois trata de organizar e padronizar as cobranças de forma profissional.

A régua de cobrança é um passo a passo criado pela empresa justamente para cobrar os clientes de modo sistemático. 

Esse roteiro define datas específicas para enviar lembretes (e-mail, telefone, SMS etc), quais os meios de pagamento aceitos, faturas atrasadas, entre outros eventos para controlar os pagamentos.

Em relação aos lembretes, a régua também deve garantir a periodicidade das notificações, como enviar a cobrança dias antes do vencimento e também após. O intervalo de cobrança depende de cada público, por isso, também é possível personalizar a sua régua conforme grupos de clientes.

2. Ofereça benefícios para clientes que pagam em dia

Uma dica para diminuir a inadimplência o quanto antes é oferecer alguns benefícios para incentivar os clientes a pagar em dia. Flexibilidade nas datas de vencimento e descontos para pagamentos à vista são duas soluções que costumam funcionar bem. 

Ao mesmo tempo que evita o risco de inadimplência de forma direta, essa prática também estreita a relação com os clientes, que é sobre o que falamos em nossa próxima dica de cobrança!

3. Mantenha um bom relacionamento

O risco de inadimplência diminui quando a relação com o cliente é forte, pois ele percebe um valor ainda maior pelo que recebeu.

Ter um bom relacionamento com o cliente, invista em um bom atendimento e na experiência geral durante suas interações. Pense em suas necessidades, se coloque em seu lugar e sempre negocie com empatia, mesmo quando é necessário cobrar um cliente.

4. Negocie com os clientes inadimplentes

Parte do processo de como diminuir a inadimplência não poderia ser outra senão a negociação das dívidas. Estar aberto a opções que funcionem para ambos os lados, um tipo de negociação “ganha-ganha”, já pode aliviar e muito o número de devedores em sua lista.

Afinal, não é sempre que o cliente inadimplente é um “mau pagador” e, se você escutá-lo e conhecê-lo, é possível descobrir os verdadeiros motivos pelo não pagamento da dívida

Aqui, vale relembrar a dica de manter um bom relacionamento com seus clientes e adotar uma abordagem amigável durante a cobrança ou negociação.

Em certas situações, você pode descobrir que o cliente apenas esqueceu de pagar (por isso, não esqueça da régua de cobrança), acabou de perder o emprego, está passando por um momento delicado ou com problemas de saúde recentes. 

No final das contas, veja se é possível oferecer um parcelamento da dívida ou, então, desconto caso o consumidor possa pagar à vista. E não se esqueça de sempre prezar o respeito na hora de fazer este tipo de contato.

5. Controle a inadimplência com uma planilha

Pode parecer simples, mas ter uma planilha com controlar os clientes inadimplentes é uma maneira eficiente de diminuir a quantidade de devedores. A partir desta planilha, você consegue colocar em ação as dicas deste artigo e garantir a prevenção ou correção de problemas de inadimplência.

Uma planilha de gestão de inadimplência deve possuir:

  • informações sobre os clientes;
  • registro das operações de vendas;
  • valor total devido (incluindo o valor quitado e o pendente);
  • identificação do pedido de venda e da emissão da nota fiscal;
  • data de vencimento da cobrança.

Baixe grátis: planilha de controle de inadimplência 

6. Automatize as cobranças 

Por fim, a última dica sobre como diminuir a inadimplência é implementar uma automação que realize as cobranças de acordo com a régua criada anteriormente. Embora o controle à mão seja útil no começo, pode se tornar complicado caso o número de clientes (inadimplentes ou não) seja muito alto.

De qualquer forma, ferramentas de automação ajudam na gestão de cobrança respeitando os prazos que estipular, datas para enviar lembretes e notificações e, de quebra, aumentam a produtividade no trabalho. E, consequentemente, ajudam a diminuir a inadimplência dos clientes.

Este artigo foi escrito pelo autor convidado Gabriel Marquez, empreendedor e fundador da NFE.io, que oferece um sistema para emitir notas fiscais automaticamente e consultar CNPJ de uma empresa, a fim de garantir mais agilidade ao processo e na organização dos documentos fiscais.A NFE.io é um sistema de emissão e controle de notas fiscais que automatiza tarefas repetitivas, contribuindo para que você ganhe tempo e diminua gastos.

Separamos exclusivamente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro + dezenove =

Go up