Como combater a cárie em crianças?

Por mais que muitas pessoas ignorem, o cuidado com dentes de leite deve ser tão minucioso quanto o cuidado de dentes permanentes. Isso porque, o surgimento da chamada cárie nos primeiros dentes pode acarretar vários problemas. 

Isso porque, esses dentinhos passageiros precisam ser levados a sério. A falta de cuidado pode levar a dores intensas, tratamentos longos, ou até mesmo extrações. 

Vale ressaltar que os dentes de leite possuem um papel fundamental na vida de uma criança, se tornando essencial para a mesma aprender a mastigar, falar, e claro, preparar a boca para os dentes maiores. 

Portanto, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre cárie na primeira infância, bem como quais os tratamentos e como evitar essa verdadeira dor de cabeça e não ter que se preocupar em buscar um dentista emergência 24 horas.

Clique e saiba mais

O que são as cáries?

Poucas pessoas têm conhecimento, mas a cárie dentária é um tipo de patologia que pode acabar com os dentes, seja ele permanente ou decíduos (de leite).

Isso porque, esse problema é desenvolvido através de dois fatores essenciais: as bactérias presentes na boca, que é uma característica natural do corpo humano, e os restos de comida. 

Esse segundo fator pode ser diminuído ou amenizado através de uma boa higiene bucal. Portanto, é importante ressaltar que cerca de 99% das doenças bucais podem ser evitadas através de uma boa higiene bucal, e na primeira infância essa questão não é diferente.

Em suma, a junção dos itens mencionados acaba resultando em um ácido que atinge os dentes de forma a danificá-los e torná-los fracos, literalmente, os corroendo de fora para dentro.

Em alguns casos, o acúmulo de cáries ou o desenvolvimento delas pode resultar na necessidade de tratamentos mais complexos, sendo necessário a busca por um dentista para canal no dente, ou até mesmo uma extração.

Por que surgem cáries em crianças?

Em geral, a cárie de mamadeira surge por falta de higienização bucal, assim como acontece com os dentes permanentes. 

Entretanto, de acordo com estudos da Academia Americana de Pediatria (AAP), o dente de leite tem em sua composição menos minerais do que o dente permanente. Devido a isso, dentes decíduos naturalmente são mais brancos do que os outros dentes. 

Além disso, outra questão que pode pesar e aumentar os riscos de cárie na primeira infância é o consumo de açúcar e comidas úmidas. 

Além disso, o esmalte da dentição decídua é mais fino. Por isso, o consumo de açúcar em conjunto com a falta de uma boa higienização, pode levar a uma maior probabilidade de desenvolver cáries. 

Esses alimentos facilitam a proliferação de bactérias e aumentam  o risco de cáries, tanto na infância quanto na vida adulta. Portanto, vale informar que a visita regular ao dentista infantil se torna essencial desde que a criança começa a comer e possui todos os dentes. 

Entretanto, uma vez que a criança acaba desenvolvendo cáries, o tratamento possível será avaliado por profissionais da área que avaliará o caso. Dessa forma, é importante observar sintomas como:

  • Manchas marrons ou pretas nos dentes;
  • Sangramento ou inchaço na gengiva;
  • Febre, inchaço ou irritabilidade, que podem indicar infecção;
  • Mau hálito.

Isso porque, existem diversas maneiras de extrair uma cárie e essas formas vão depender do tamanho e da profundidade que está cárie está afetando os dentes de leite. 

Portanto, não exite em realizar pesquisas como ”dentista infantil zona norte” e levar o seu filho ao dentista ou especialista mais próximo de sua residência. 

Prevenção de alguns cuidados 

Em suma, é importante reforçar que cuidados como uma boa higiene e rotina de escovação são essenciais, mesmo para dentes de lentes. 

Entretanto, além disso, é necessário sempre levar as crianças a um dentista para criança

e checar a saúde bucal.

Além disso tudo, é importante se colocar atento a possíveis sintomas, assim como a diferença do comportamento de uma criança, que pode ser desencadeado devido a dores de dente. 

Em síntese, também vale a pena investir em uma boa alimentação e diminuir a quantidade de alimentos que contenham muita glicose e açúcar em sua composição. No lugar do doce é possível consumir mais água. 

Vale lembrar que uma das principais coisas para uma boa saúde bucal é ter uma boca úmida e consumir a quantidade certa de água por dia.
Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Separamos exclusivamente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + quinze =

Go up