Saiba como o Open Banking pode ajudar nas finanças do seu negócio!

Saiba como o Open Banking pode ajudar nas finanças do seu negócio!

O Open Banking para o MEI promete melhorar o acesso a serviços e produtos financeiros sob medida para o microempreendedor. Entenda como.

Já ouviu falar em Open Banking para o MEI? Sim, os microempreendedores individuais também podem ter acesso a essa inovação, que promete mudar a forma como escolhemos, contratamos e utilizamos serviços financeiros.

Embora seja um sistema relativamente recente no país, o Open Banking é percebido de forma positiva pelo brasileiro: 65% se mostram favoráveis a compartilhar dados para encontrar melhores taxas e condições, conforme apurou levantamento da Aster Capital.

É nesse cenário de otimismo que oportunidades podem surgir também ao MEI. Vamos falar mais sobre elas ao longo deste texto.

Clique e saiba mais

Open Banking para MEI: entenda o modelo

Open Banking é um sistema de compartilhamento de dados entre o cliente e as instituições financeiras. Um conjunto de regras e tecnologias, orientado pelo Banco Central, para que o usuário tenha mais segurança e facilidade para contratar serviços financeiros.

Com esse sistema de “banco aberto”, o cliente assume o destino de seus dados financeiros e só ele pode dizer quando e quais empresas poderão ter acesso a essas informações.

No modelo anterior, o cliente não era exatamente o dono de seus dados financeiros. Quem tinha controle sobre eles, então, era o banco no qual o consumidor mantinha conta. A partir da sua experiência da movimentação financeira, a instituição determinava se poderia ou não liberar acesso a determinados serviços financeiros.

Imagine o MEI que busca crédito no mercado, mas não encontra condições vantajosas no seu banco. Tais condições existem em outra instituição, mas como não possui conta nela, não há como saber que se trata de um bom cliente, que pode ter acesso ao produto financeiro.

É algo que muda a partir do momento que Open Banking. Nesse modelo, o microempreendedor pode informar o interesse em compartilhar seus dados e, a partir daí, outras instituições têm acesso e podem oferecer a ele soluções personalizadas.

Não por acaso, para o MEI, os serviços financeiros tendem a ser mais atrativos, diversificados e facilitados. Ter uma conta MEI, específica para o microempreendedor, aliada ao sistema Open Banking, vai permitir uma melhor gestão financeira do seu negócio.

Quais as vantagens do Open Banking para MEI?

Agora que você entendeu como o Open Banking funciona, vamos conferir como o MEI pode obter vantagens com esse sistema. Lembrando que são apenas alguns exemplos, já que as possibilidades abertas por ele ainda não são totalmente conhecidas.

Mais segurança e controle de seus dados

O consentimento do cliente é o fator decisivo para o compartilhamento de seus dados. Se uma instituição financeira não apresenta bons serviços, há o poder de restringir o acesso às suas informações por parte dela. Com mais segurança sobre seus dados, é o cliente quem controla quem pode se relacionar financeiramente com ele.

Facilidade de conseguir crédito

Acabou a necessidade de comprovar que você é um cliente responsável e bom pagador. Com o Open Banking, é possível compartilhar seus dados e ter acesso a uma linha de crédito mais vantajosa de outro banco.

Contratar produtos e serviços com melhores taxas

A partir do Open Banking, você verá surgir novas plataformas, aplicativos e marketplaces que irão centralizar diversos produtos e serviços financeiros. Será possível comparar taxas e condições das diversas instituições na mesma ferramenta.

Atendimento personalizado

Nessas plataformas, as instituições saberão que você é MEI. Assim, poderão oferecer serviços focados no seu interesse e nas necessidades do seu negócio.

Melhor gestão financeira

Nesse "banco aberto", você controla todos os recebimentos e gastos em uma mesma ferramenta. Nada escapa do radar e isso abre mais oportunidades de crescer como empresa junto a diversas instituições financeiras.

Benefícios de ter uma conta MEI

Muitas vezes, o MEI permanecia com a sua conta como pessoa física em bancos tradicionais por não encontrar opções. Como consequência de não ser identificado como PJ, essa mesma conta não oferecia a ele serviços focados no negócio.

As contas digitais, com isenção de taxas e facilidade de adesão, vieram para mudar esse cenário. A conta MEI é uma variação da conta PJ, agora orientada ao microempreendedor individual, com serviços e produtos financeiros pensados sob medida para ele.

Com ela, o MEI tem acesso também a facilidades, condições e tarifas especiais e menos burocracia. Ao usar o aplicativo da conta no próprio telefone celular, tudo fica mais fácil e rápido, sem deixar de ser muito seguro.

Agora, com as possibilidades do Open Banking, possuir uma conta MEI dará mais condições ao microempreendedor para fazer uma melhor gestão financeira do seu negócio e acessar soluções que ele precisa para decolar.

Espero que tenha gostado do conteúdo Saiba como o Open Banking pode ajudar nas finanças do seu negócio! e inclusive quero agradecer a visita ao nosso Portal.
Aproveito e já aviso que temos mais conteúdos exclusivos para você na categoria Negócios e Política

Direto da Redação | Portal Celucine

Portal de conteúdo Celucine sempre trazendo as melhores matérias da internet. Aqui você tem a certeza de que está sempre bem informado e consumindo conteúdo de extrema qualidade. Seja bem vindo ao Portal Celucine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 − quatro =

Go up