Refinanciamento de veículos: tire todas as dúvidas sobre o assunto!

Você sabe como funciona o refinanciamento de veículos? Entenda se é a melhor opção para você e veja como solicitar passo a passo.

Refinanciamento de veículos é uma linha de crédito que tem chamado muita atenção no contexto do crescente endividamento da população brasileira. Afinal, trata-se de uma opção que permite renegociar dívidas antigas com juros altos.

Conforme relatório da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a cada 100 brasileiros, 79 estavam endividados em 2022. Neste contexto, a possibilidade de renegociação das dívidas por meio do refinanciamento surge como um alívio.

Entenda agora como funciona o refinanciamento de veículos e como solicitar a concessão de crédito!

Clique e saiba mais

O que é refinanciamento de veículos?

O refinanciamento veicular é a modalidade de empréstimo financeiro que utiliza o veículo do beneficiário como garantia. Trata-se de uma opção com juros mais acessíveis, sem exigir que a pessoa se desfaça de alguma posse.

Para que a pessoa se torne elegível ao empréstimo, o seu veículo precisa estar em boas condições e com a documentação em dia. São normalmente aceitos veículos com no máximo 10 anos.

No entanto, cada instituição tem suas regras, portanto, é preciso avaliar diretamente com a agência a possibilidade de empréstimo se o veículo for mais antigo.

Atenção: para a concessão do crédito, o veículo precisa necessariamente estar no nome do solicitante e não de terceiros. Se você não possui um veículo em seu nome, saiba que existem outras possibilidades de linhas de crédito acessíveis, como o empréstimo consignado.

Como funciona o refinanciamento veicular

A concessão de créditos por refinanciamento de veículos é realizada por bancos e instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central. Ao fechar o contrato de empréstimo, o beneficiário recebe em parcela única todo o valor concedido, que pode ser utilizado livremente.

Não há necessidade, portanto, de comprovar o destino da quantia recebida. É utilizado o modelo de alienação fiduciária: até o saldo completo da dívida, o veículo pertence à instituição que concedeu o crédito.

No entanto, isso não significa que o beneficiário não poderá mais ficar com o carro/moto. Pelo contrário, a pessoa continua tendo a posse direta, usando o veículo normalmente e também arcando com suas despesas.

Justamente por envolver um bem como garantia, as instituições financeiras flexibilizam a rigidez do parcelamento da dívida. Assim, o refinanciamento veicular oferece taxas de juros mais acessíveis e prazos de pagamento de até 60 meses.

Quando usar o refinanciamento de veículos

É concedido em torno de 60% a 80% do valor do veículo assegurado, o que representa um valor de crédito alto. Portanto, trata-se de uma opção quando a quantia for direcionada a gastos consideráveis, como:

  • Construções
  • Reformas
  • Gastos com cirurgias e tratamentos
  • Educação
  • Saldo de endividamentos com juros mais altos.

Vale observar que tal modalidade de empréstimo demanda boa organização e planejamento financeiro. Assim, reduzem-se as chances de inadimplência e consequente perda do veículo.

Como solicitar refinanciamento de veículos

Montamos um passo a passo para você solicitar empréstimo usando o seu veículo como garantia. Alguns detalhes podem mudar conforme a instituição contratada, porém as principais atividades são mantidas. Confira a seguir.

Passo 1: Solicite uma simulação

Primeiro, recomenda-se a pesquisa de qual banco ou instituição oferece a melhor proposta. Para isso, você pode solicitar simulações de empréstimo, que podem ser feitas online ou presencialmente em alguma agência. Desta forma, fica mais fácil visualizar qual é a opção com melhores prazos e parcelas.

Passo 2: Apresente a documentação

Uma vez definida a instituição financeira, é necessária a apresentação dos documentos exigidos para a análise de crédito, sendo que a documentação do requerente e a do veículo serão analisadas detalhadamente. Nesta etapa, a agência decide se concede ou não o empréstimo.

Passo 3: Finalize o contrato

Uma vez aprovada a análise de crédito, você receberá o contrato. Leia as cláusulas atentamente, em especial as que se referem aos prazos, juros e outros encargos. Assinado o contrato, a instituição irá proceder com a transferência do valor para a conta bancária cadastrada.

Ficou claro por que o refinanciamento veicular atrai muita atenção, concorda? Com um bom planejamento, pode ser a oportunidade de renegociação de dívidas ou aquisição de crédito para lidar com imprevistos que você precisava.

Avalie o seu panorama financeiro e entenda se esta é a melhor opção para você!

Espero que tenha gostado do conteúdo Refinanciamento de veículos: tire todas as dúvidas sobre o assunto! e inclusive quero agradecer a visita ao nosso Portal.
Aproveito e já aviso que temos mais conteúdos exclusivos para você na categoria Auto

Direto da Redação | Portal Celucine

Portal de conteúdo Celucine sempre trazendo as melhores matérias da internet. Aqui você tem a certeza de que está sempre bem informado e consumindo conteúdo de extrema qualidade. Seja bem vindo ao Portal Celucine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =

Go up