Qual o significado dos sonhos na Psicologia?

Você se lembra bem dos seus sonhos ao acordar, tem apenas uma impressão vaga do que sonhou ou não lembra de nada? Se você é uma pessoa que já teve sonhos bem nítidos provavelmente já teve a dúvida: qual o significado dos sonhos na Psicologia?

Sigmund Freud, o pai da Psicanálise, uma vertente da Psicologia, afirmou que os sonhos revelam seus desejos e suas emoções ocultas.

Além disso, outras teorias da Psicologia afirmam que os sonhos ajudam na formação da memória, na solução de problemas ou são originários de uma ativação cerebral aleatória.

Já Freud escreveu muito sobre suas próprias teorias dos das interpretações dos sonhos no começo de 1900. Freud afirmou que os sonhos são manifestações dos seus desejos e ansiedades mais profundas, muitas vezes associadas às memórias ou traumas vividos na infância.

Ainda mais, Freud defendeu que os sonhos representavam a liberação da tensão sexual.

Clique e saiba mais

Sobre os Sonhos

Até os bebês sonham. Em uma só noite, você pode ter um único sonho ou muitos sonhos diversificados. Toda pessoa sonha por pelo menos 90 minutos enquanto dorme.

Em alguns casos, um sonho pode ter a duração de mais de 2 horas. Por isso, alguns especialistas defendem que você pode passar até 6 anos de sua vida apenas sonhando.

Em média, você pode ter entre 4 a 7 sonhos em uma única noite. No entanto, 95% dos sonhos são impossíveis de lembrar depois de acordar. Porém, você pode ter um sonho tão nítido e vivido que fica na sua memória até depois de acordar.

Na teoria de Freud, os sonhos têm conexão com seu inconsciente. O significado dos sonhos na Psicologia podem ter origens variadas, como medo, excitação, melancolia e até uma condição sexual.

Qual o significado dos sonhos na Psicologia?

As situações apresentadas em um sonho estão fora de seu próprio controle. No entanto, existe o sonho lúcido, em que você sabe que está sonhando e até pode ter algum controle sobre os eventos.

Os sonhos são uma fonte inesgotável de autoconhecimento, já que mostram fatos ocultos sobre você mesmo provenientes do seu inconsciente. Esse é o significado dos sonhos na Psicologia.

Você pode ter mais acerto no significado de seus sonhos ao fazer análise com um psicanalista que utiliza a abordagem de Carl Jung. Há muitos tipos diferentes de abordagem na Psicologia. Depois de Freud, Jung foi um nome muito renomado na Psicologia pelos seus estudos de interpretação de sonhos.

Segundo Jung, os sonhos são mensagens enviadas pelo seu inconsciente, servindo para aliar os processos conscientes e não-conscientes do cérebro, para mantê-los equilibrados.

Na teoria de Carl Jung, o sonho é uma forma de você ter total autoconhecimento de si mesmo, uma condição que só pode ser alcançada quando você tem acesso às informações de seu inconsciente.

Portanto, trabalhar seus sonhos junto com um psicanalista, é uma forma de se conhecer melhor. Até os pesadelos possuem mensagens significativas para seu autoconhecimento. Isso pode promover sua cura anterior, de traumas vividos no seu passado.

Dessa forma, os sonhos podem ajudá-lo a amadurecer, conhecer suas fraquezas e melhorá-las, além de mostrar soluções para problemas do cotidiano, aumentar seu autoconhecimento e mostrar quais são os seus desejos mais profundos.

Para conhecer mais detalhes sobre os sonhos, acesse https://supersticiosidade.com.br/.

Separamos exclusivamente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 − dois =

Go up