O que são Parques eólicos?

Você sabe o que são parques eólicos? A energia proveniente dos ventos tem sido bastante importante para o abastecimento energético de muitas famílias do Brasil. 

Com cerca de 80% dos parques eólicos situados no nordeste do Brasil, com os estados da Bahia e Rio Grande do Norte os maiores produtores.

Agora que você entendeu a importância desse tipo de tecnologia para o país, vamos explica de forma mais detalhada o que são os parques eólicos

O que é energia eólica?

Para que possamos entender o que é um parque eólico, precisamos primeiramente saber do que se trata a energia eólica.

A energia eólica é a energia cinética produzidas pela força das massas de ar. Essa energia é absorvida e transformada em energia elétrica.

Essa produção de energia se dá inicialmente com a movimentação das hélices das turbinas eólicas, feita pela força dos ventos.

Assim, a energia mecânica é produzida e transformada em energia elétrica através de um gerador presente na turbina eólica.

Essa energia é limpa, ou seja, ajuda na redução de gases de efeito estufa, uma vez que ela não faz a emissão desses poluentes.

Por ser uma energia renovável, ela é sustentável e inesgotável, o que a torna uma das melhores alternativas para substituição do combustível fóssil.

O que são Parques eólicos?

Como falamos acima sobre o que são parques eólicos? os tipos de energia eólica e onde estão situados os parques eólicos, explicaremos o que são esses parques e como eles funcionam.

O que são parques eólicos? Parques eólicos são infraestruturas com várias turbinas eólicas capazes de capturar a energia cinética dos ventos e transformá-las em energia elétrica.

Chamados também de usinas eólicas, eles podem ser instalados tanto em terra, como também no mar, dependendo da necessidade.

Porém para fazer a instalação dos parques, vários fatores devem ser analisados, um deles é a sua localização.

Um exemplo disso sãos os locais nas quais as aves migram, esses locais não podem receber parques eólicos pois isso poderá acarretar em danos que possam desequilibrar o ambiente.

Outros fatores que deverão ser analisados antes de escolher a localização, são as condições dos ventos, condições geológicas, de acessibilidade, entre outras.

No Brasil, para que seja possível construir um parque eólico é necessário que um Estudo e Relatório de Impacto Ambiental seja feito para assim considerar a viabilidade da construção. 

Normalmente as instalações dessas usinas é feita em áreas rurais remotas, evitando assim que a poluição sonora incomode comunidades.

Vantagens dos parques eólicos

Algumas das vantagens do investimento em parques eólicos é que eles geram energia limpa, renovável e sustentável.

Ajudam a reduzir a quantidade de consumo de combustível fóssil e assim evita a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera.

É pouca a quantidade de resíduos que essa tecnologia produz, além de que suas instalações podem ser retiradas no local em que foi construída, por serem móveis.

Os parques eólicos dificilmente interferem em atividades agrícolas que estejam sendo desenvolvidas próximo a usina, como também os custos com manutenção de turbinas são baixos. 

Maiores construtores de parques eólicos

Dentre a América Latina, o país com um maior crescimento a respeito de parques eólicos é o Brasil.

Dentre todos os países do mundo, a China se destaque como país que mais construiu parques eólicos em seu território, ficando o Brasil em 11º lugar.

Isso indica que o Brasil está investimento muito nessa tecnologia, e um potencial crescimento em relação ao uso de energias renováveis.

Esse investimento não só implica na preservação do meio ambiente, como também no incentivo à geração de emprego para essa área, que consequentemente implica também em um incentivo na economia do país.

Como funciona a energia eólica?

Depois de saber o que são parques eólicos, vamos entender como acontece a transformação. A energia eólica é produzida como vimos acima pela força dos ventos através da turbina eólica que capta a energia cinética e a transforma em elétrica.

As turbinas eólicas convertem a energia eólica em eletricidade de forma indireta, ou seja, primeiro é produzida uma energia mecânica, para somente após transformá-la em energia elétrica.

Por mais que existam diferentes tipos de turbina, elas são compostas por:

PÁS – Elas absorvem a energia da força dos ventos direcionando esses para o rotor da turbina.

Geralmente essas pás tem cerca de 100 metros de cumprimento, podendo ultrapassar esse tamanho e são fabricadas muitas das vezes com poliéster e fibra de vidro para dar um reforço.

ROTOR – Essa é a parte frontal da turbina pesa mais de 30 toneladas e é responsável por conectar as pás.

O rotor pode ter sua velocidade controlada ou até mesmo seu movimento cessado por mecanismos de segurança que as turbinas possuem.

NACELE – Com mais de 100 toneladas, essa estrutura é uma caixa que abriga vários componentes.

Entre esses componentes estão: a caixa de transmissão, chassis, o sistema de freios, de controle hidráulico, o sistema eletrônico, mancais e embreagem.

TORRE – Ela sustenta toda a estrutura, tanto do rotor como da nacele. 

Ela precisa ter uma altura adequada para fazer a captação dos ventos necessários para a geração de energia. Geralmente elas medem 200 metros ou mais.

CAIXA DE TRANSMISSÃO – Seu principal objetivo é multiplicar a rotação do eixo de entrada e transferir essa rotação para o eixo secundário, que é ligado ao gerador.

O eixo de entrada ou primário tem baixa velocidade de rotação, já o eixo secundário tem uma velocidade mais alta.

GERADOR – Ele converte a força mecânica em energia elétrica.

ANEMÔMETRO – É uma ferramenta de medição de intensidade dos ventos que está instalado no topo do nacele.

BIRUTA – Dispositivo que fica junto ao anemômetro, que tem como objetivo identificar e medir a direção dos ventos.

Tipo de energia eólica

São dois os tipos de energia eólica, sendo eles os Onshore e o Offshore.

O onshore é o tipo onde os parques eólicos são instalados em terra, geralmente mais próximo das costas por conta dos ventos.

Porém em algumas condições, é possível fazer a instalação distante da costa, desde que se verifique as condições ideais para tais instalações.

Já nas instalações offshore, as turbinas eólicas ficam no oceano, muitas vezes há grandes distâncias da costa, devido as condições de ventos da região.

Gostou de saber o que são parques eólicos? Escreva pra gente nos comentários, até a próxima!Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site Solar Eólica Renovável, um site especializado em energia renovável para você ficar atento sobre o assunto.