O que é o petróleo?

Afinal, o que é o petróleo? No mundo existem diversos produtos de alto valor. Metais, pedras preciosas e vários outros produtos são retirados da própria terra, ou seja, são bens da natureza que custam uma grana alta! 

E, quando falamos disso, não dá para negar que o petróleo se encontra nessa lista. Tanto como combustível como para aplicações mais diretas na indústria e no mercado, a sua importância merece toda a nossa atenção.

O petroleo é uma mistura de diversas moléculas de carbono e hidrogênio que acabam sendo originados da decomposição da matéria orgânica. 

A origem desse material pode acontecer, principalmente, por meios de organismos chamados plâncton. Estes acabam se formando depois da ação de algumas bactérias em ambientes com baixa quantidade de oxigênio.

Bem, mas a formação desse rico material não se deu apenas com isso! Foram necessários anos e anos para que ele se formasse. 

No decorrer desses milhões de anos, o material fruto dos plânctons ficou armazenado no fundo do oceano. Depois, por ser pressionado pelo movimento da crosta terrestre, surgiu o petróleo.

É uma pequena história, mas há muito mais sobre essa substância, vamos ver agora!

O que é o petróleo – Características e composição

O que é o petróleo? Ele é um composto químico em boa parte feito a partir de carbono e hidrogênio, estes são comumente chamados de hidrocarbonetos. 

No entanto, apesar de formar boa parte do petróleo que existe no mundo, outras substâncias também se fazem presentes.

Nitrogênio, oxigênio, sais e até mesmo alguns resíduos de outros metais podem ser encontrados na composição do petróleo. Em uma escala de proporção temos a seguinte lista:

  • 1° lugar: Carbono com 82%;
  • 2° lugar: Hidrogênio com 12%;
  • 3° lugar: nitrogênio com 4%;
  • 4° lugar: oxigênio com 1%;
  • 5° lugar: sais e alguns outros metais com 1%;

Perceba que a diferença entre o primeiro elemento e o segundo é muito alta. O carbono é material fundamental na formação petróleo e sua ligação com o hidrogênio na proporção certa é a responsável por isso.

Bem, já quanto às características mais importantes dele temos: 

  • Oleosidade;
  • Odor fácil de ser reconhecido (único);
  • Coloração diferenciada, que pode ser incolor ou preta;
  • Inflamável;
  • Possui densidade menor que a água.

São esses e alguns outros pontos que o tornam utilizável em diversas outras áreas. Ademais, a utilização do petróleo na indústria é o que mais importa nesse meio.

Onde é encontrado o petróleo?

Agora que você já sabe o que é o petróleo, vamos ver como encontrar. Como foi dito acima, os depósitos de petróleo geralmente podem ser encontrados em mares. No entanto, como a formação da terra sofreu diversas variações, o mais correto é afirmar que eles se encontram em locais específicos.

Bacias sedimentares, por exemplo, são uma boa forma de encontrar o produto, já que ele se encontra mais abundante nessas regiões. Nesses locais, a procura por lençóis de areia, arenito ou calcário é recomendado. 

A origem dele, como já dito, é de organismos com matéria orgânica, ou seja, ele é considerado um combustível fóssil. Em diversos países há uma grande quantidade de plataformas de petróleo. 

Além disso, o bem de consumo é comercializado em larga escala. É com toda certeza um produto de alto valor que pode, no futuro, se tornar raro!

Para que se faça a extração do petróleo no pré-sal é importante que uma série de fatores como pesquisa, estudo, investimento e tecnologia sejam levados em conta.

A princípio, para a exploração, é necessário fazer uma sondagem em locais que possivelmente possam ter o petróleo.

Essa investigação se dar através do formato do relevo para identificar o melhor lugar a ser perfurado, como também por atividades sísmicas.

Depois dessa investigação o navio-sonda é encaminhado para realizar as perfurações iniciais para encontrar a presença de hidrocarbonetos.

A partir dessa confirmação, o petróleo é extraído a princípio com água e gás, e nas próprias plataformas é feita a separação e transporte para os locais de refino.

Nas refinarias o petróleo é transformado em produtos derivados, como por exemplo: querosene de aviação, GLP (gás liquefeito de petróleo), diesel e a popular gasolina.

Combustível fóssil mais utilizado do mundo

Talvez isso não seja novidade para você, mas você saberia dizer porque o petróleo é o combustível fóssil mais utilizado do mundo? Ele não é raro? 

Bem, a verdade é que esses fatores possuem lá sua influência, mas a substância em si consegue chamar atenção em certos pontos. 

A primeira questão que torna o petróleo tão importante é que seu refinamento pode dar origem a várias misturas de compostos orgânicos. Essas variações dão origem aos derivados do petróleo, esses sim são muito utilizados.

Em resumo, o que é o petróleo? é o fóssil mais utilizado do mundo porque ele pode gerar diversos outros produtos. 

A quantidade de carbono dos itens gerados com seu refinamento é bem próxima uma da outra, isso consegue destacar ainda mais o uso de seus derivados!

No entanto, se há uma discussão em cima do uso do petróleo é porque ele é um bem natural que se esgota! 

A sua formação demorou milhões de anos e, atualmente, sua exploração é muito alta e em certo momento pode acabar! Extrair grandes quantidades dessa substância pode se tornar um grande problema no futuro.

Conclusão

O Brasil é responsável por uma grande produção de petróleo, mas ele é apenas o 15° país que mais a utiliza. O país que mais possui reservas desse item é o Iraque, com cerca de 142 milhões de barris em seu território.

De toda forma, esse material é muito explorado, afinal, é um bem estratégico para a economia e de alta quantidade de uso. Graças a seus derivados é fácil conseguir outros produtos, o preço também é bem em conta.

Vale lembrar que a exportação desse item é bastante polêmica. Quando se vai mais a fundo no assunto, mais complexa fica. Espero que tenha gostado que saber sobre o que é o petróleo, até a próxima!
Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site Click Petróleo e Gás, um site especializado em notícias diárias para te manter informado sobre o que ocorre no mundo da tecnologia, mineração, energia, etc.