Carros híbridos: como funcionam e quais suas vantagens

O mercado automobilístico é um dos que mais investe em novidades tecnológicas. Não é à toa que sempre vemos por aí veículos com novos sensores, acessórios e sistemas que buscam facilitar a vida dos usuários. 

Ao mesmo tempo, não podemos esquecer das mudanças que buscam criar veículos mais sustentáveis. Dessa forma, seja para quem é adepto do aluguel de carros ou planeja comprar um veículo, é importante ficar por dentro das opções de mercado. 

Os carros híbridos, por exemplo, já são uma opção que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. A seguir, vamos explicar as características desse tipo de carro, assim como as vantagens e desvantagens. 

O que é um veículo híbrido e como ele funciona? 

Os carros híbridos são aqueles modelos que funcionam com a combinação de duas fontes de força. Sendo assim, é possível contar com um motor a combustão (seja a gasolina, diesel ou etanol) e um motor elétrico

Ou seja, ao contrário dos carros comuns, que possuem apenas um motor, os modelos híbridos possuem duas opções para aproveitar o melhor de cada sistema. 

Isso porque, se formas analisar os modelos tradicionais com o motor a combustão, temos carros com bons desempenhos. Contudo, ao rodar por muito tempo, há mais consumo e com ele gases poluentes são liberados. 

Por outro lado, temos os carros elétricos que são bem econômicos e não emitem poluentes. Mas que podem demorar muito mais para recarregar, diferente de abastecer com combustível, o que diminui sua autonomia. 

Então, como uma alternativa que une a potência do motor a combustão e a economia do motor elétrico, temos os veículos híbridos. Portanto, a ideia é justamente ter um sistema ainda melhor. 

Na prática, podem haver diferenças entre os modelos híbridos, dependendo de cada fabricante. Mas sempre terá a junção de duas fontes de energia para movimentar o automóvel. 

Quais são os carros híbridos no Brasil? 

Após conhecer mais sobre os carros híbridos, que tal descobrir os modelos mais populares no Brasil? 

Em 2021, para se ter ideia, dos 34.990 modelos com sistemas elétricos vendidos no país, 20.678 eram de carros híbridos convencionais (HEV). Ou seja, aqueles que podem trabalhar de forma combinada, com motor elétrico e a combustão.

Além disso, 59% das vendas são de veículos que geram sua própria energia, seja por meio de frenagens regenerativas ou pelo motor a combustão. Enquanto 33% das vendas são de veículos que precisam de recarga externa, como em tomadas ou carregadores.

Mesmo não sendo tão popular no Brasil como em outros países, os modelos que utilizam o sistema elétrico ou misto estão ganhando cada vez mais espaço. 

No mercado nacional, os modelos que estão dominando as vendas são os da Toyota, Volvo e BMW. 

O Toyota Corolla Cross chegou a 11.027 unidades vendidas, sendo o maior destaque entre eles. Seguido do Toyota Corolla Sedan com 7.921 vendas. 

Os Volvos também ganharam destaque, o modelo Volvo XC60 chegou a 3.366 vendas. Assim como o Volvo XC40 obteve 3.067 vendas e o Volvo XC90 com 982 unidades vendidas. 

Ao mesmo tempo, o BMW X3 XDrive 30E contou com 836 vendas e o BMW X5 XDrive 45E com 812 vendas. 

Conheça as vantagens dos carros híbridos

Após conhecer mais sobre os carros híbridos e os principais modelos disponíveis no país, não podemos deixar de mencionar as vantagens que eles oferecem. 

Para começar, temos um tipo de veículo ecológico, que não emite gases poluentes na atmosfera. Por isso, são grandes aliados quando o assunto é um estilo de vida mais sustentável. 

Sem falar também que não é um tipo de carro que emite grandes ruídos, o que pode ser muito vantajoso quando o assunto é poluição sonora. 

Outro ponto positivo é que esse tipo de carro consegue ser muito eficiente, graças aos propulsores movidos a energia elétrica. 

Dependendo do local onde você está, os incentivos fiscais tornam essa escolha ainda mais interessante. Isso porque, há lugares em que existem descontos em impostos para automóveis com selos ambientais. 

Saiba quais são as desvantagens dos carros híbridos

Assim como qualquer outro tipo de produto, além de vantagens, você também pode encontrar desvantagens nos carros híbridos. 

Por exemplo, esse não é um modelo ideal para todos os usos. Uma pessoa que utiliza em vias urbanas e estradas, pode contar com um bom desempenho, mas os que transitam apenas em rodovias, talvez não seja algo tão atrativo. 

Isso porque, por ser um veículo com dois motores, e consequentemente mais pesado, o custo para rodar em longas distâncias pode ser maior. 

Pois é, o peso a mais desse tipo de carro também pode ser um ponto não tão favorável. Afinal, quanto mais peso, maior será a energia gasta para conseguir movimentar. 

Além disso, estamos falando de carros que ainda são bem caros. Apesar do modelo estar se popularizando, as montadoras ainda não conseguiram igualar os preços de um veículo híbrido em relação aos convencionais. 

Nesse sentido também, os usuários podem encontrar um valor maior no momento da manutenção. Existem peças próprias nesse tipo de carro que nem sempre vão sair em conta. 

Sem mencionar que, é necessário uma mão de obra especializada, uma vez que os carros híbridos podem demandar cuidados próprios, mesmo com as garantias. Logo, o processo de cuidados e consertos pode ser mais delicado. 

Conclusão

Ao longo do texto, foi possível conhecer mais sobre os carros híbridos. Agora, você já sabe que existem veículos que combinam duas formas de força, com a união do motor a combustível e o motor elétrico. 

Apesar de ainda ser algo muito novo no mercado, várias marcas já trabalham com esses modelos no país. Os modelos da Toyota, por exemplo, é um dos mais vendidos quando falamos em veículos híbridos. 

E claro, esses tipos de carros podem ser bem vantajosos, uma vez que são sustentáveis e conseguem ser bem eficientes ao combinar os pontos positivos de cada tipo de motor. 

Mas ao mesmo tempo, temos modelos mais caros e que demandam peças e mão de obra especializada. 

Ou seja, os carros híbridos podem ser soluções bem interessantes, mas para quem está em busca de um, é preciso analisar seus prós e contras.